Governo abre consulta pública para o Minas Consciente; o que você acha que deve mudar

Patos de Minas aderiu ao programa e mantêm funcionando apenas os serviços considerados essenciais.

publicado em 16/07/2020, por Maurício Rocha


O comércio de Patos de Minas continua fechado de acordo Programa Minas Consciente.

O governador Romeu Zema anunciou nessa quarta-feira (15) que vai abrir consulta pública para fazer mudanças no Programa Minas Consciente, que estabelece medidas de isolamento para conter a proliferação do novo coronavírus. Patos de Minas aderiu ao programa e mantêm funcionando apenas os serviços considerados essenciais.

O Programa Minas Consciente dividiu as atividades em Ondas: verde (serviços essenciais, já em funcionamento), branca (baixo risco), amarela (médio risco) e vermelha (alto risco). Mesmo as prefeituras que não aderiram ao Programa tiveram que adotar medidas de prevenção e combate à Covid-19 por determinação da Justiça. 

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

Na tarde dessa quarta-feira (15) ao anunciar que Minas atingiu o pico da pandemia do novo coronavirus e que este pico pode durar várias semanas e até meses, o governador Romeu Zema disse que  vai abrir consulta pública para fazer mudanças no Programa Minas Consciente. A forma como esta medida será feita não foi anunciada, mas o Patos Hoje decidiu adiantar e abrir espaço para os patenses se manifestarem. 

Deixe nos comentários que tipo de mudança você acha que deve ser feita no Programa Minas Consciente para atender as necessidades das pessoas.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Romeu Zema (@romeuzemaoficial) em

Autor: Maurício Rocha Postado em 16/07/2020
Compartilhe:

77 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Cidadã Patense | 2 semanas, 5 dias atrás

    Deveria mudar a ideologia do que é considerado como serviço essencial. Acho muito sem sentido a abertura de loja de cosméticos, por exemplo. Ou fecha todo o comércio ou deixa ele aberto. O funcionamento bancário também deve ser maior para que se evite aglomeração, pois não adianta fechar o comércio se as filas dos bancos e loterias estão lotadas de gente atumultuadas umas em cima das outras.

    2 0 Responder

  • S 4 | 3 semanas, 2 dias atrás

    Tinha era que abrir tudo ...e bater de frente com o vírus , pois todo jeito vamos conviver com ele pra sempre, olha o tanto de gente que ja esta desempregado , empresarios renomados de patos estão declarando falência, se liga prefeito, vamos agir ,

    1 1 Responder

  • Cidadã | 3 semanas, 2 dias atrás

    Deveria proibir a venda de bebidas alcoólicas em qquer situação, aplicar multas a pessoas físicas e jurídicas que forem pegas descumprindo qquer uma das regras estabelecidas, inclusive com relação ao o uso de máscaras e distanciamento ( filas de bancos e lotéricas).

    1 2 Responder

  • Justiceiro | 3 semanas, 2 dias atrás

    Devia mudar era a mente da população patense. O comércio por exemplo podia estar funcionando normalmente mais tem gente que acha que tem que ficar batendo pernas no centro da cidade mesmo sem nada pra fazer lá,se vc não tem nada de importante para fazer na rua ou no centro fique na sua casa não fique correndo risco e colocando os outros em risco,outra esse passe livre para idosos no transporte público tinha que ser cortado nessa pandemia conheço um senhor que está com quase 80 anos e fica pra e pra no buzao sabendo que ta no grupo de risco.

    1 1 Responder

  • Eu :) | 3 semanas, 2 dias atrás

    Acho que deveria fechar tudo, deixar so supermecado e famarcia aberto, se abrir td vai ter mais aglomeração o "povo" não tem senso kk

    2 3 Responder

  • joão de barro | 3 semanas, 2 dias atrás

    Todo mundo sabe o que é preciso mudar: ACABAR LOGO COM ESSAS FARRA, FESTA, PEGAÇÃO E LUAL QE ACONTECE NAS NOITE PRINCIPALMENTE NOS BAIRRO MAIS AFASTADO DA CIDADE. O POVO AGLOMERA E TODO MUNDO BEBE, SEM MÁSCRA, SAI POR AÍ DEPOIS CONTAGIANDO TODO MUNDO COM ESSA PRAGA VERDE, AFFF. :cold_sweat:

    0 3 Responder

  • uai | 3 semanas, 2 dias atrás

    Na minha opinião deveria aumentar o horário de funcionamento de tudo, principalmente os bancos e lotéricas, só assim diminui aglomeração e da mais oportunidade de emprego para aqueles que acabaram ficando sem.

    4 1 Responder

  • Borges | 3 semanas, 2 dias atrás

    Aumentamos as chances de vencer uma guerra, na mesma medida em que somos capazes de mudar nossas atitudes conforme às circunstâncias do combate. O isolamento simples está se mostrando ineficiente, as medidas de funcionamento parcial das atividades comerciais estão provocando aglomerações. Por outro lado, já existem relatos médicos de que o tratamento preventivo, inclusive para pessoas que tiveram contato com vítimas do corona vírus, tem alta eficiência. Sem falar que a população não aguenta essa pressão que todos nós estamos passando. Os prejuízos pessoais e financeiros estão se fazendo sentir e, precisamos com urgência rever nossa forma de combater a doença. Entre outras é preciso mais seriedade na divulgação dos óbitos, deixo uma pergunta: onde estão os óbitos por outras causas?

    6 1 Responder

    jhk - 3 semanas, 2 dias atrás

    o "isolamento simples" é ineficaz porque na verdade ele nunca existiu, né... convenhamos

    1 0

  • Salomão | 3 semanas, 2 dias atrás

    O que deve mudar? Resposta o governo. Em um momento desse o governo fazer pergunta para população? qdo votamos estamos elegendo quem tenha competencia de governar o Pais em um momento de pandemia super lotação de hospitais eles querem fazer consulta publica? Faz diferente presta conta dos valores gastos com a pandemia e onde foi investido

    3 1 Responder

  • Misericórdia | 3 semanas, 2 dias atrás

    Poderia rever a questão das empresas de agronegócio, pois poderia funcionar com rodízio de funcionários e plantão de peças, agora vendedor ficar viajando pra vender tratores e emplementos poderia ser online, pois fica arriscando levar e trazer a doença. Até por que as fábricas estão paradas nas capitais e não tem estoque ...

    3 2 Responder

carregar mais comentários