Empresa de Unaí soma 172 casos confirmados de coronavírus; cidade tem 203

Informação veio à tona após uma testagem em massa feita pela LongPing High-Tech em 261 pessoas

publicado em 01/06/2020,


Prédio da Prefeitura Municipal de Unaí

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde neste sábado (30), Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, tem 203 casos confirmados de coronavírus. Desse total, 172 são de trabalhadores de uma empresa agrícola chinesa instalada na cidade. No Boletim Estadual, Unaí possui apenas 63 casos confirmados de Covid-19. 

A Secretária de Saúde, Denise Oliveira, esclareceu que houve um ruído na comunicação com a Assessoria, que resultou no equívoco do número de casos positivos incluídos pela Assessoria no Boletim de sexta-feira (29). Noticiou-se a inclusão de 167 casos positivos, quando na verdade o número foi menor, na sexta foram incluídos 140 casos positivos, desses casos 139 são funcionários da empresa LongPing. Assim, sábado (30), dos 203 casos positivos, 172 são de funcionários da empresa.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Segundo a prefeitura, a informação veio à tona após uma testagem em massa feita pela LongPing High-Tech em 261 pessoas. Em um vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito José Gomes Branquinho (PSDB) tentou tranquilizar a população quanto à subida abrupta dos números.

"Não há motivos para nós ficarmos alarmados e para preocupação exagerada. É claro que nós temos que preocupar, e nós estamos preocupados, tanto é que nós estamos trabalhando e buscando todos os meios possíveis para proteger a saúde da nossa população", disse.

"Esses trabalhadores estão sem sintomas, eles não estão hospitalizados. Mas eles estão em isolamento, e vão ficar completamente isolados até passar o período de quarentena", afirmou.

Sobre a intensidade da atividade agrícola da empresa na cidade,  Branquinho informou que ela vai diminuir no decorrer dos próximos dias. "Nós já chegamos a ter aqui no nosso município, coisa de 60 dias atrás, 1.200 pessoas fazendo esse serviço. E agora, no final da temporada deles, é que nós tivemos esse problema.

Dentro de mais ou menos 15 dias nós não teremos mais nenhum deles aqui em Unaí. Hoje nós só temos 545 desses trabalhadores rurais. Na terça-feira vai uma turma embora, na quarta-feira vai outra turma embora, e assim vai", concluiu. O prefeito também afirmou que a empresa se comprometeu a manter o restante dos funcionários em distanciamento social.

Posicionamento

Em nota, a LongPing Hight-Tech informou que sempre cumpriu com todos os termos dos decretos municipais aplicáveis a suas atividades e que não mede esforços para preservar a saúde de seus funcionários e da população de Unaí e região.

De acordo com a empresa, a testagem em massa se deu após um funcionário apresentar sintomas de Covid-19. Ela teria feito mais de 250 exames em contratados, terceirizados e funcionários do hotel onde os trabalhadores se hospedam. "Todos os trabalhadores do hotel e terceiros testaram negativo. Os funcionários da empresa que indicaram Covid-19 ativa foram imediatamente isolados e permanecem em quarentena, conforme recomendação médica e da OMS", diz.

A LongPing não soube dizer a origem da contaminação, uma vez que os trabalhadores estão na cidade pelo menos desde o início de abril, quando já havia um estágio de transmissão comunitária do novo coronavírus.
"A empresa ressalta seu compromisso com a cadeia de abastecimento de alimentos, considerada atividade essencial, e de relevante importância econômica para a cidade e região, gerando riqueza e renda e movimentando uma rede de fornecedores que inclui toda produção agrícola, hospedagem, alimentação, serviços de saúde e transporte, entre outros.

Diante de todo o exposto, a LongPing High-Tech ressalta ainda o esforço humano que têm sido despendido para preservar a saúde de seus funcionários e evitar eventual sobrecarga do serviço de saúde pública de Unaí.

As ações que vem sendo tomadas desde o início dos trabalhos da cidade incluem:
- Equipe de saúde dedicada aos funcionários 24 horas por dia;
- Contratação de serviço privado de saúde para suporte emergencial, internação e tratamento de terapia intensiva para os funcionários, caso necessário;
- Contratação de serviço privado de ambulância disponível 24 horas por dia;
- Distribuição e orientação para uso de máscaras e álcool em gel 70%;
- Uso obrigatório de máscaras;
- Avaliação clínica diária das condições de saúde dos funcionários;
- Rotina diária de trabalho limitada a saída do hotel – trabalho no campo – retorno ao hotel;
- Orientação para que os funcionários evitem circular e criar aglomerações na cidade e nos hotéis;
- Reserva de quartos destinados exclusivamente para isolamento de casos suspeitos ao indício de qualquer sintoma”, concluiu.

Unaí ainda não teve mortes confirmadas em decorrência da Covid-19, e 52 pessoas já se recuperaram da doença. Há 690 casos suspeitos no município.

Postado em 01/06/2020
Compartilhe:

2 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Bruxo | 2 meses atrás

    Empresa chinesa... não precisa dizer mais nada.

    10 8 Responder

  • Debochador | 2 meses atrás

    A pequena e misteriosa Unaí tem até nazistas e agora fico sabendo dessa Empresa chinesa, e como tem contaminados com o coronavírus..Espero que todos se recuperem para o bem da cidade.

    17 2 Responder