Embaixadora do Proerd Brasil fala sobre o Programa de Resistências às drogas na Jovem Pan

Ela tem percorrido o país em visitas às autoridades

publicado em 25/05/2019, por Maurício Rocha


Rebecca falou sobre o funcionamento do Proerd.

Escolhida como embaixadora do Brasil para o Programa de Resistência às drogas e à Violência, a estudante do Colégio Tiradentes de Patos de Minas, Rebecca Alves, foi a entrevistada desta sexta-feira (24) do Jornal da Manhã da Rádio Jovem Pan Patos. Ela tem percorrido o país em visitas às autoridades colhendo informações que poderão ser utilizadas para ampliar o Proerd. Esta percepção também será apresentada em Conferência Internacional do Programa.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Actual Hospital - Especial Notícias

Rebecca falou sobre a importância do Proerd na formação de jovens mais conscientes, livres das drogas e da violência. Nos últimos 10 anos, o Programa atingiu mais de três milhões de pessoas. Somente no ano de 2018, mesmo diante da crise financeira que assola o Estado, foram atendidas 196.236 pessoas, dentre alunos e pais de alunos.

Durante entrevista no Jornal da Manhã, a embaixadora também falou sobre os males causados pelas drogas e a possibilidade de liberação do uso da maconha. Confira a íntegra da entrevista.

Autor: Maurício Rocha Postado em 25/05/2019
Compartilhe:

3 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Professora | 3 meses atrás

    Penso que policiais não deveriam portar armas de fogo em salas de aula com crianças enquanto ministram o Proerd. É constrangedor para todos os presentes nas escolas.

    4 10 Responder

    Gandhi - 3 meses atrás

    Só policial mesmo pra negativar um comentário sensato desses.

    2 5

  • Chico Bento | 3 meses atrás

    Enquanto isso a segurança pública em Patos está uma piada.

    9 4 Responder