Documentos inéditos da história de Patos de Minas foram descobertos em BH e RJ

Materiais foram encontrados por equipe da Dimep em viagem a Belo Horizonte e ao Rio de Janeiro

publicado em 20/01/2020, por Farley Rocha


De Patos de Minas, há informações da grande empresa (movimentação) produtora de trigo na década de 1940.

A equipe da Diretoria de Memória e Patrimônio Cultural (Dimep) foi a Belo Horizonte e ao Rio de Janeiro pesquisar sobre a história de Patos de Minas e o patrono do Museu Municipal, Olegário Maciel. O balanço das viagens, ocorridas em dezembro de 2019, foi muito positivo, uma vez que encontraram documentos inéditos que irão engrandecer o acervo do MUP.

Segundo o diretor da Dimep, Geenes Alves, entre os materiais inéditos encontrados, estão documentos codificados, correspondências e mapas de guerra da Revolução de 1930 trocados entre Olegário Maciel e Getúlio Vargas. De Patos de Minas, há informações da grande empresa (movimentação) produtora de trigo na década de 1940.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

"O material inédito encontrado enriquecerá ainda mais a história do município contada e conhecida até então”, disse Geenes Alves. Ainda conforme o diretor, parte desses documentos vai compor a nova exposição “Patos de Minas: fragmentos da história”, que deverá estar pronta no final de fevereiro deste ano, inaugurando a obra em curso no museu.

Locais visitados - Em Belo Horizonte, a pesquisa foi realizada no Arquivo Público Mineiro (APM). Já no Rio de Janeiro, foram visitados: Biblioteca Nacional, Arquivo Nacional, Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB), Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), além do Museu Nacional e do Museu de Astronomia e Ciências Afins, onde se encontra o Meteorito Patos de Minas 1925, sobrevivente da fatídica tragédia ocorrida no Museu Nacional.

O acervo inédito já foi solicitado formalmente às respectivas instituições pelo chefe do Executivo municipal, que aguarda procedimentos para receber o material.

Fonte: Ascom Prefeitura Municipal de Patos de Minas

Autor: Farley Rocha Postado em 20/01/2020
Compartilhe:

22 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • catedrático | 1 mês atrás

    o brasil esta caminhando a passos largos a época medieval e a pre-historia . vejo alguns comentários de verdadeiras bestas analfabetas que não valorizam nossa história. a história de patos é uma das mais ricas do estado , temos no passado uma importância gigantesca na construção de minas gerais , talvez em nossa região perdendo apenas para Uberaba e, quando se tenta resgatar esta história vem uns acéfalos dar palpite errado . claro que tivemos muitas pessoas sem caráter nesta historia . famílias de oportunistas mas , é a nossa história e em todo lugar do mundo a história teve participação de canalhas e nem por isto deixou de ser contada.

    2 0 Responder

  • Fernando | 1 mês atrás

    Agora talvez acharam o mapa antigo das estradas que tinha a estrada no município de patos que tem mais de 40 anos que não vai uma máquina da prefeitura lá, pouco tempo atrás procuramos a prefeitura para resolver o problema e disseram que não tinha estrada no mapa do município.

    2 2 Responder

  • OBSERVADOR | 1 mês atrás

    O triste é ver a nova geração despreocupada com passado e não precisa aprofundar muito, se voltar a anos 80 seguer tem noção das histórias de seu país e da cidade então? É importante se aprofundar na história de Patos mas poucos vão se interessar e por mais que leve estudantes ao museu não irão guardar na memória. A tecnologia tirou o prazer real da pesquisa de campo.

    16 0 Responder

    Sei - 1 mês atrás

    Sr. Observador de 90 pra cá pq sou de 1984 e sei bem a história do Brasil e de Patos não generalize.

    4 2

  • Pirilampo | 1 mês atrás

    Hiiiii.. vamos ter que devolver nossas casas e terrenos todos pro senhorio, o Doutor Olegário Maciel, acharam o papel que diz ser dele... pádiminas vai voltar aos coronéis donos do chão.

    6 16 Responder

  • Fabio | 1 mês atrás

    Poderiam disponibilizar os inventários e testamentos do século XIX! Estes sim revelariam muita história.

    22 0 Responder

    Cartório - 1 mês atrás

    Perfeito. Se publicarem, principalmente a anexação de terras devolutas e roubadas de viúvas por algumas famílias de Patos de Minas, o povo de Patos vão ficar estarrecidos ao saberem da origem ilícita de muitas riquezas dessas famílias. Tudo podre.

    28 1

    patense - 1 mês atrás

    Ola Cartorio, gostaria de fazer uma busca de certidao de nascimento em inteiro teor, porem nao consigo nenhum contato online, poderia me passar por favor ?

    4 2

  • Datena 1 mês atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

  • Robertinho do Areado | 1 mês atrás

    Com tantos problemas que a cidade tem prefeitura preocupando com papel velho. Enquanto isso o povo sofre na UPA

    37 35 Responder

    Nada - 1 mês atrás

    É por isso que tá precisando de UPA, não tem cultura.

    15 3

    Jose Tiao - 1 mês atrás

    Se o povo tivesse o mínimo de Higiene não precisava tanto de UPA. Povo come coisa estragada na rua, faz comida com agua de chuva, não ferve nada, anda descalço na rua, no mato, na terra.... Caga no chão e pisa em cima. Não cuida de nada e deixa proliferar a dengue. Não tem saúde que aguenta mesmo. 95% dos casos na UPA são relacionados a isso que poderiam ser evitados. Brasil é uma tristeza mesmo, uma falta de educação em todos os sentidos.

    10 7

    rasgando o verbo - 1 mês atrás

    Cada coisa é uma coisa não devemos comparar história é importante se não gosta respeite!

    10 1

    Falcão - 1 mês atrás

    Sofrimento na UPA e pra ser falado daqui a 50anos e história

    6 2

    Para NADA - 1 mês atrás

    Para NADA adianta ficar mexendo com papel velho e o povo adoecendo e precisando de saúde não ter em Patos de Minas. Se as pessoas adoecem é o ônus de viver e para viver se precisa cuidar da saúde e quando necessário cuidados médicos, agora papel velho se não for a reciclagem é lixo, pensar que a prefeitura mantém gente por conta de ruminar o passar, enquanto vivemos o presente sem planejar o futuro, seja no aspecto urbanístico ou econômico, pois se perde tempo com coisas fúteis, não há estudo de impacto para empreendimentos instalados e loteamentos que são lançados, aí quando se chove e as águas causam estragos muitos xingam e reclamam, mas quando deveriam se preocupar e planejar como evitar os danos, estão preocupados com papel velho e com o passado que só demonstra decadência e os erros que só contribuiram para impedir a evolução da cidade. Acordem para a Realidade !!!! Por que não fazem um movimento pela conclusão das obras da UFU ? Pela construção de um hospital municipal ? Pela duplicação da BR 365 onde todos os dias acidentes acontecem e pessoas morrem?

    5 15

    Sei - 1 mês atrás

    Pra nada, realmente seu comentário pra nada serve...

    6 4

  • Ausente | 1 mês atrás

    Muito Historia de Patos se apagando inclusive na sua arquitetura, mais uma casa antiga na Av. Brasil destruida.

    24 17 Responder

    Sargento Pincel - 1 mês atrás

    Parabéns aos empreendedores que gerarão empregos, renda para comércio e impostos. Quem quer ver casas velhas sugiro turismo a Ouro Preto etc

    9 19

    verdadeiro - 1 mês atrás

    não é bem o assunto mas casa velha tem q ser demolida mesmo se não for vira abrigo de rato e morcego

    8 7

    Patos de Minas - 1 mês atrás

    Qual era essa casa que foi demolida? Av. Brasil próximo à que?

    2 0

  • Edson Alves | 1 mês atrás

    Tem que se preocupar é com o presente e o futuro de Patos de Minas.

    15 30 Responder

    O bao - 1 mês atrás

    O Presente Matagal saude caos cidade abandonada Futuro aqui vai vira deserto cidade do Alem pelo menos passado tivemos kkk ....

    9 6