Doa a quem doer! Delegado diz que vai descobrir a verdade sobre a morte da dentista Roberta

O delegado destacou que a verdade está sendo apurada “doa a quem doer”

publicado em 29/03/2019, por Maurício Rocha


O Delegado de Homicídios da Polícia Civil de Patos de Minas, Érico Rodovalho, falou nessa quinta-feira (28) sobre o andamento das investigações do caso envolvendo a dentista Roberta Pacheco e o médico Daniel Tolentino. Até o momento, centenas de folhas já foram anexadas ao inquérito e muitas diligências ainda estão por fazer. O delegado destacou que a verdade está sendo apurada “doa a quem doer”. A hipótese mais provável é de que a jovem de 22 anos tenha sofrido uma overdose, o que, como destacou o delegado, não é motivo para inocentar o médico.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

De acordo com o delegado, a investigação está sendo feita de forma criteriosa e a sociedade pode ficar tranquila que vai se chegar à verdade dos fatos. Ele confirmou que a linha de investigação caminha para a overdose, já que foi encontrada substância entorpecente no corpo dela. No entanto, os laudos toxicológicos ainda não ficaram todos prontos e outras situações estão para serem conhecidas. Ele afirmou que o trabalho está apurando se a overdose aconteceu de forma voluntária, ou seja, desejada por Roberta, ou não.

Com relação aos hematomas encontrados no corpo da dentista, ele disse que eles são incontestáveis e está diligenciando para apurar em que circunstâncias aconteceram. “Ocorreram antes, durante ou depois?”, questionou. Ele voltou a afirmar que a investigação é muito complexa e outras situações estão sendo levadas em conta, como a forma que era o relacionamento de Roberta e Daniel. Segundo o policial, várias pessoas já foram ouvidas e outras mais estão sendo intimadas para prestarem esclarecimentos.

Érico Rodovalho também destacou que uma força-tarefa foi montada para elucidar o caso que teve uma grande repercussão em toda a região e há muitos detalhes para serem analisados. O aparelho celular de Roberta continua desaparecido desde a data do fato e sem ser utilizado. O policial pediu apoio da população para tentar encontrá-lo. “Quem souber de alguma informação pode entrar em contato com a Polícia Civil”, orientou. O conteúdo do celular pode ser a chave para responder muitos dos questionamentos.

O delegado contou que Daniel está sendo investigado pela morte de Roberta, mas outros crimes conexos podem ser descobertos durante a investigação. Um desses delitos envolve a questão de drogas ilícitas. “Faz parte da investigação como aconteceu a overdose. O antes, durante e depois. O que vinha ocorrendo com ela?”, disse. Ele destacou que não pode dar muitos detalhes para não condenar ou inocentar ninguém. Érico Rodovalho informou que a investigação está pela metade e que deve provavelmente pedir a prorrogação do prazo da prisão temporária que termina dia 17 de abril.

O delegado também informou que, caso entenda que até lá existam elementos que comprovem a responsabilidade do médico na morte da dentista, pode pedir a prisão preventiva dele, nesse caso sem prazo determinado para que ele fique preso. O inquérito com 3 volumes já somam mais de 300 folhas. A família de Roberta está em Patos de Minas e disse estar satisfeita com o trabalho investigatório. O tio dela, Adenilson Rubim, foi também até a Câmara Municipal conversar com o vereador presidente da Comissão de Direitos Humanos, João Bosco de Castro Borges. O parlamentar ressaltou o número expressivo de casos de violência contra a mulher em Patos de Minas, mostrando que algo tem que ser feito para mudar este panorama.

O Patos Hoje continua aberto para o posicionamento da defesa do médico Daniel Tolentino.

Autor: Maurício Rocha Postado em 29/03/2019
Compartilhe:

100 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • so falei a verdade | 4 meses, 2 semanas atrás

    a Mina é chegada no produto...Aceita que dói menos!!!!...Santa Roberta

    0 1 Responder

  • Porteiro de quinta | 4 meses, 3 semanas atrás

    Anabolizantes.. medicamentos encontrados....puxa as imagens das câmeras na redondeza do consultório e da casa...foram dias e dias ... o que foi encontrado foi só pra desviar o rumo da investigação.. como vcs são idiotas...cara teve tempo demais... acha que ia deixar provas pra incriminâ_lo.foram muitos dias pra ele e o advogado tramar ..se ele ia deixar dinheiro e medicamentos...vai n beira do Paranaíba.... vai achar muita caixas ..o Porteiro.....o porteiro... sabe tudo..

    3 1 Responder

  • Porteiro de quinta | 4 meses, 3 semanas atrás

    Anabolizantes.. medicamentos encontrados....puxa as imagens das câmeras na redondeza do consultório e da casa...foram dias e dias ... o que foi encontrado foi só pra desviar o rumo da investigação.. como vcs são idiotas...cara teve tempo demais... acha que ia deixar provas pra incriminâ_lo.foram muitos dias pra ele e o advogado tramar ..se ele ia deixar dinheiro e medicamentos...vai n beira do Paranaíba.... vai achar muita caixas ..o Porteiro.....o porteiro... sabe tudo..

    2 1 Responder

  • Cumedo de queijo | 4 meses, 3 semanas atrás

    PODE ATÉ EXISTIR UM CRIME AÍ, MÁS INOCENTE ELA NÃO ERA, PARTICIPOU DESSE PROGRAMA SEXUAL SABENDO DE TUDO. A MORTE NÃO VAI TRANSFORMÁ-LA EM MENINA SIMPLES E BOBINHA QUE FOI ABUSADA POR ALGUM TARADO. NÃO É NENHUM JULGAMENTO NÃO, É SABER ENXERGAR OS DOIS LADOS DA TRAGÉDIA.

    32 13 Responder

  • Eu | 4 meses, 3 semanas atrás

    Qualquer criança de 2 aninhos sabe o que aconteceu. Se não tinha a terceira pessoa no quarto, bota o médico de ponta a cabeça, dá-lhe somente água, até ele contar tudinho, e pronto. Ah se fosse eu como delegado, o "buraco era mais em baixo".

    9 14 Responder

  • Passadores de pano | 4 meses, 3 semanas atrás

    Eu acho interessante o tanto que as pessoas se empenham pra denegrir a imagem de uma mulher que morreu, que não tá aqui pra se defender!!! Nenhum de vocês conhecia a Roberta pra tá falando desse jeito dela, pra afirmar coisas sobre ela! A família busca entender o que aconteceu, eles querem justiça SIM! Se vocês estão acompanhando as reportagens e ainda acham que esse médico não dee nada, vocês estão com problemas sérios! Tão passando pano pra agressor com certeza. As imagens da menina toda roxa foram divulgadas, jaja vai ter gente falando que ela se bateu!!! Acordem, se atentem aos fatos, principalmente desse celular que magicamente desapareceu! Tem que ser muito burro pra achar que o doutor aí tá limpinho na história!

    27 18 Responder

  • [email protected] | 4 meses, 3 semanas atrás

    A policia civil deveria tar empenhada assim para solucionar essa quadrilha que esta roubando os veículos aqui na cidade eles estão cevadinhos toda semana estão buscando um carro ta facil

    16 4 Responder

    Desmanche - 4 meses, 3 semanas atrás

    Essa é fácil amigo. Basta ir no ferro velho do irmão ... em Paracatu ou no ... de João Pinheiro que vão achar bastante coisa Eles tbem tem depósito escondido é so ficar de olhoooo.

    6 1

  • Brás | 4 meses, 3 semanas atrás

    Nossa tem cada comentário que é pra ficar com dó é da pessoa e não dos envolvidos...KKK Tenho certeza que no fechamento do inquérito o Dr. Érico vai apresentar fatos que poucos acreditavam em relação a este Daniel Tolentino, se a Roberto pediu socorro e não tinha como ir até a rodoviária, é porque a mesma tinha sofrido agressões físicas, sexuais e possivelmente forçada a uso de outras drogas, além da cocaína. Ou será que os órgãos da Roberta estavam em condições de m...sem motivos? Lembrem se, existia 02 sacolas de objetos usados na práticas de orgias, que podem ter ferido a gravimente.

    9 11 Responder

  • Frouxo | 4 meses, 3 semanas atrás

    Isso mesmo delegado, assim deve ser o trabalho policial. Sério, imparcial, eficiente e técnico.

    13 0 Responder

  • manoel | 4 meses, 3 semanas atrás

    Vai ter que soltar o rapaz Sr delega , não tem provas ,simples assim , a moça encheu o narizao de pó ,eu sei quem e o culpado, o canudo .

    22 18 Responder

carregar mais comentários