349669 2216 Ok
Banner Unipam 2017 - Institucional
Publicado em 02/07/2017 por Maurício Rocha
Compartilhe:

Depressão, suicídio e dependência de drogas são temas de Fórum de doenças da contemporaneidade

O avanço da tecnologia tem provocado muitas mudanças nos hábitos sociais.

Imagem Patos Hoje

Patos de Minas sediou nesse sábado (01), o 1º Fórum Desafios da Contemporaneidade – Perspectivas Psicológicas na Saúde Mental e no Bem-Estar. O encontro foi promovido pelo Programa “Amor Exigente”, Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas – Comad e Faculdade Patos de Minas.

O avanço da tecnologia tem provocado muitas mudanças nos hábitos sociais. A dependência da internet e das redes sociais e seu uso compulsivo, por exemplo, pode causar novas doenças, entre elas a depressão. São os males da contemporaneidade que vem se tornando um desafio para autoridades e profissionais de saúde.

O 1º Fórum Desafios da Contemporaneidade reuniu representantes de diversos segmentos da sociedade para debater o assunto em Patos de Minas. O encontro, além de levantar questões como a depressão, que leva ao suicídio e ao consumo de álcool e drogas, foi também para buscar alternativas para resolver o problema.

Wilson Papala, coordenador do Programa Amor Exigente e um dos idealizadores do Fórum, destacou o aumento do consumo de álcool entre os adolescentes em Patos de Minas. Segundo ele, a busca pelo álcool é o primeiro sintoma de um desequlíbrio psicológico e acaba se tornando a entrada para outras drogas.

Especialistas no assunto como a doutora em ciência política pela UFMG, Viviane Peninele e Silva, a mestre em ciências da saúde pela UFU, Elaine Bordini Villar e do psicólogo clínico, Mizael de Jesus, participaram do Fórum. Profissionais que atuam nos Cras e Creas, que atuam diretamente com a população, também estavam presentes e ganharam mais conhecimento para tratar das demandas que surgem diariamente.

Imagens atualizado em 02/07/2017 • 9 fotos

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Autor: Maurício Rocha Postado em 02/07/2017
Compartilhe:

7 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • SUICÍDIO OU SUICIDARAM ELE | 4 meses, 3 semanas atrás

    TENHO MINHAS DÚVIDAS, POR ISSO NÃO PRECISA DE PROFISSIONAL PSICÓLOGO, POIS SUICIDARAM ELE PARA RECEBER O SEGURO. ELE NÃO SUICIDOU.

    0 0 Responder

  • Sarah Sousa | 4 meses, 3 semanas atrás

    Sinto me honrada por fazer parte da FPM, e mais honrada ainda por ter o banner do meu TCC exposto nesse evento maravilhoso. ????

    1 0 Responder

  • Fabiano | 4 meses, 3 semanas atrás

    Trabalho de suma importância para o Sociedade de Patos e toda a Região. Parabéns à todos e um grande Abraço para o Sr. Wilsom Papala. Que DEUS abençoe esse trabalho sempre. :pray: :pray:

    4 1 Responder

  • trovao azul | 4 meses, 3 semanas atrás

    coisa boa tem ajudar as pessoas sim este ai o exemplo o papala ai ja esteve no mundo das drogras hoje o papala e um exemplo de pessoa do bem parabens papala com deus saude para vc

    6 1 Responder

  • Ministério de Cura e Libertação | 4 meses, 3 semanas atrás

    De fato, depressão, suicídio e vício em drogas são problemas que têm crescido alarmantemente em nossa sociedade; e não só a depressão, mas outros tipos de doenças mentais têm se tornado cada vez mais comuns. E são os mais variados tipos de doenças mentais. É muito importante que os profissionais de saúde e as pessoas em posições de liderança na sociedade se empenhem ajudar as pessoas com problemas mentais, quer apresentem tendências ao suicídio ou não. Nesse sentido, parabéns aos promotores e participantes desse fórum! Por outro lado, como pessoa religiosa, gostaria de chamar a atenção do clero de Patos de Minas sobre a importância de a Igreja desenvolver um ministério de cura e libertação carismático em prol das pessoas que sofrem de alguma doença mental. O movimento carismático em todo mundo tem bastante experiência em lidar com cura e libertação, mas aqui em Patos de Minas tanto a própria Igreja Católica, como o Movimento Carismático não têm sabido aproveitar da vasta experiencia do Movimento Carismático a nível mundial em prol da cura e da libertação das pessoas com problemas mentais ou com necessidade de algum tipo de libertação. :bell: :eyes:

    12 6 Responder

    Maria - 4 meses, 3 semanas atrás

    Caro amigo Ministerio de cura e libertação, ja que vc deve ser carismatico e deve estar dentro da renovaçao, seja voce o primeiro a dar o passo,não fique ai vendo o que tem que ser feito e com as soluções, de braços cruzados, seja voce a idealizar um projeto e leva lo ao paroco da sua comunidade. É facil ficar longe e apontando isso ou aquilo pra ser feito, coloque seu pescoço na reta.

    0 2

    Resposta para a Maria - 4 meses, 3 semanas atrás

    Maria, eu não sou carismático, mas gosto muito da espiritualidade carismática e conheço alguns carismáticos de Patos de Minas e conheço também a realidade do movimento carismático na cidade de Patos de Minas. Os membros da RCC em Patos de Minas precisam muito melhorar em vários aspectos, que não vou comentar aqui, mas um deles seria compreender as mudanças que a sociedade e a própria Igreja têm passado, seja para o bem ou para o mal; coisa que eles não conseguem fazer; além de outro problema de a RCC em Patos de Minas ser um grupo bem fechado e com lideranças que tem muita resistência em se adaptar aos desafios e mudanças dos tempos. Portanto, no meu ponto de vista, ao tocar nessa questão através da internet, acredito que de alguma forma estarei sensibilizando o movimento. Para finalizar, só para comentar mais uma questão que você comentou. O clero de Patos de Minas é fechado em relação ao movimento carismático, isso vem de longa data; eu diria mesmo que o clero de Patos de Minas não gosta do movimento carismático; o qual, na cidade de Patos de Minas, tem vários problemas que precisam ser corrigidos.

    0 0