Dentista em coma tem que fazer hemodiálise e familiares se mobilizam para cobrar medidas

Haverá uma manifestação na tarde desta sexta-feira (15).

publicado em 14/03/2019, por Farley Rocha


E para cobrar medidas judiciais, familiares estão se mobilizando em Patos de Minas. 

A dentista Roberta Pacheco de 22 anos não está nada bem. Nesta quinta-feira (14), ela começou a fazer hemodiálise e teve uma piora no seu quadro que já era grave. E para cobrar medidas judiciais, familiares estão se mobilizando em Patos de Minas. Haverá uma manifestação na tarde desta sexta-feira (15).

Muito abalada com tudo que aconteceu com a filha, a mãe da dentista, Elisa Seixas, falou com o Patos Hoje após visitá-la nesta quinta. De acordo com ela, Roberta está tendo que fazer hemodiálise o que significa que os rins não estão funcionando. "Praticamente pararam", ressaltou. A jovem continua em coma, sedada pelos médicos. A situação já está caminhando para o nono dia.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––

Para amenizar a dor, familiares vieram de Três de Marias para dar um apoio nesse momento difícil. O amigo da dentista, Vitor Magalhães, que está se formando em odontologia, também compareceu ao Hospital Regional e contou como é Roberta. “A gente tinha uma amizade muito próxima. Ela abominava droga. E já havia me contado que o relacionamento dela era conturbado. Ele era explosivo”, disse.

A advogada Mariana Pires de Mendonça foi contratada pela família para acompanhar o caso. A defensora disse que está reunindo toda a documentação e quer saber como está o andamento do inquérito policial. Ela também disse que vai até o Ministério Público para tomar todas as medidas judiciais cabíveis. Uma manifestação foi marcada para acontecer nesta sexta-feira (15) em frente ao Hospital Regional. A intenção é cobrar medidas e também defender as mulheres que lutam contra a violência doméstica.

Entenda o caso

Roberta foi socorrida na madrugada de terça-feira (05) quando estava em um hotel nas proximidades do Terminal Rodoviário. Ela sofreu convulsões e chegou a ter parada cardiorrespiratória. O médico, Daniel Tolentino de Sousa, relatou para os policiais que ela começou a se sentir mal durante o ato sexual e que, ao ver a situação, se desesperou e a arrastou pelo braço até o corredor do hotel, gritando por socorro. Ele também disse que começou as manobras para reanimá-la. O médico disse que ela havia ingerido xeque-mate, uma mistura de vodca com chá mate, e negou ter medicado a namorada. Daniel Tolentino relatou aos policiais que havia colocado o celular, que continua desaparecido, em uma bolsa dela.

O porteiro do hotel também havia prestado informações para os policiais. A testemunha disse que o médico havia se hospedado no hotel pela manhã e Roberta chegou pela noite na companhia dele, tranquilos sem aparência de terem bebido. Por volta das 2h00, ele saiu e foi até o carro buscar algo que não soube precisar. Por volta das 3h00, ouviu os pedidos de socorro, tendo subido ao apartamento para verificar o que havia acontecido.

O porteiro também relatou para os militares que havia percebido que sobre a cama havia vários objetos usados em práticas sexuais, sendo que Roberta estava com um par de algemas em um dos braços na hora do socorro. A testemunha contou que não viu drogas, bebidas ou algum tipo de medicação no quarto. E os hóspedes haviam consumido apenas água mineral e refrigerantes do frigobar.

O Patos Hoje entrou em contato com Daniel Tolentino de Sousa por volta das 16h43 desta quinta-feira (14) para ter um posicionamento a respeito dos fatos e aguarda sua versão. 

Imagens atualizado em 14/03/2019 • 10 fotos

Autor: Farley Rocha Postado em 14/03/2019
Compartilhe:

66 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Justice | 2 meses, 1 semana atrás

    Quem é que arrasta a namorada pelo chão que nem um saco de estrume? Isso é balela pra justificar os hematomas. Quem não deve não teme. Nem desaparece com celular. Mas fica tudo salvo na rede pae... a casa caiu.

    5 3 Responder

  • Eu | 2 meses, 1 semana atrás

    Ninguem sabe o que aconteceu.....não deveriam ficar julgando sem saber....defender a Roberta sobre drogas, ninguém obriga ninguém a cheirar....a mãe deveria estar focada em orações pra que Deus ilumine sua filha, para que ela saia dessa....mas ela tá mais empenhada em condenar e aparecer na mídia....se o médico errou que seja condenado pela justiça e não pelo povo sem saber ao certo o que aconteceu.....sou pai, entendo a dor dos pais.....mas Ibope pais não vai recuperar sua filha....foca o pensamento em Deus e não em querer ficar aparecendo.....

    52 11 Responder

    Justiceiro - 2 meses, 1 semana atrás

    Se liga , se fala isso bem tranquilo pq nao é sua filha.....

    11 27

  • Realidade | 2 meses, 1 semana atrás

    Testemunha do hotel não tem nenhuma credibilidade. Vai falar pra limpar a barra do hotel e do medico mesmo. Questão de lógica.cadê as autoridades pra fechar esses hotéis que funcionam como prostibulos e motéis aqui em Patos de Minas, principalmente no entorno da rodoviária e do mercado municipal? Tudo frouxo.

    29 2 Responder

  • Paulo Ricardo | 2 meses, 1 semana atrás

    O problema que fugiu dos controles desse casal, ainda não se sabe o que aconteceu de verdade, o povo vendo só uma versão, fica julgando.

    7 26 Responder

  • mak | 2 meses, 1 semana atrás

    si escrevi e três Marias-mg :scream:

    3 5 Responder

  • Meliodas | 2 meses, 1 semana atrás

    Por que não pegam o celular do médico e não investigam?

    30 0 Responder

  • PATENSE | 2 meses, 1 semana atrás

    Muito triste ver uma garota cheia de vida nessa situação.Deus tenha misericórdia acorde essa menina.

    23 0 Responder

  • Xebeck | 2 meses, 1 semana atrás

    Fica tranquilo ... sua história tá muito mal contada e não estar colando não, vamos lutar por justiça, não é porque vc é medico que vc estar acima da lei. Confio na PC de Patos que tem feito um excelente trabalho (Érico Rodovalho e sua equipe), esse caso vai ser solucionado e quem deve vai pagar na justiça!! Sua carreira vai afundar a partir desse caso "...

    26 3 Responder

  • | 2 meses, 1 semana atrás

    colocaram o nome do médico! Milagre!

    29 9 Responder

  • BOLSONARO - MEU PRESIDENTE 2 meses, 1 semana atrás

    Comentário removido pelos leitores. Este comentário foi retirado porque recebeu 20 votos negativos a mais que os positivos.

    goiano - 2 meses, 1 semana atrás

    Se é da turma dos milicianos, não presta!

    3 5

carregar mais comentários