349669 2216 Ok
Banner Caiçaras - Magos do Sol
Banner CNA - TOPO
Publicado em 16/05/2017
Compartilhe:

Creas promove Blitz Educativa contra a Violência Sexual Infantil

Estima-se que, aproximadamente, meio milhão de crianças e adolescentes foram abusados entre 2011 e 2015, de acordo com a Secretaria Especial de Direitos Humanos.

Foto: Thiago Seco

No dia 18 de maio de 1973, Araceli Cabrera Crespo de 8 anos, foi sequestrada, drogada, violentada e cruelmente assassinada em Vitória, no Espirito Santo. Seu corpo foi encontrado seis dias depois carbonizado, seus agressores nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.

Pensando em nossas crianças e na recorrência dos casos em Patos de Minas, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) realizará, nesta quinta-feira (18), a Blitz Educativa referente à “Campanha Proteja Nossas Crianças”. A ação terá inicio às 8h, tendo como ponto de partida o Posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR-365, KM 413, saída para Patrocínio. A iniciativa tem como objetivo sensibilizar e orientar a população quanto à importância de proteger as crianças e denunciar caso seja consumada a violência.

No ano passado, a Secretaria Especial de Direitos Humanos, recebeu, através do Disque-Denúncia Nacional 100, mais de 77 mil relatos, sendo a violência sexual um dos mais frequentes (15.707 casos). Além de os abusadores serem pessoas próximas, do convívio das vítimas, apenas em 30% dos casos, há evidências físicas.

Ainda segundo o Disque 100, apenas 7,5% dos casos são denunciados, estima-se que aproximadamente meio milhão de crianças e adolescentes foram abusadas entre 2011 e 2015. Negligência e violência psicológica são outras violações registradas. As meninas são as maiores vítimas, com 54% dos casos denunciados. A faixa etária mais atingida é a de 4 a 11 anos, com 40%. Meninas e meninos negros e pardos somam 57,5% dos atingidos.

Uma orientação do Creas é de que pais, responsáveis e professores estejam atentos aos comportamentos das crianças no dia a dia, já que, na maioria das vezes, ela não terá coragem de denunciar o caso, seja por medo ou por vergonha. A violência pode causar vários transtornos na vítima como agressividade, isolamento, medo, depressão e, até, tentativa de suicídio. Vale ressaltar, também, que a culpa nunca é dela.

Para denunciar qualquer caso de violência sexual infantil, é necessário procurar o Conselho Tutelar pelo 9669-1813 (Plantão) ou 3822-9694, a Policia Civil pelo 3822-9785, a Policia Militar pelo 190 ou o Disque 100, vinculado à Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos.

Fonte: Ascom Prefeitura Municipal de Patos de Minas

Rovan - Super Banner Rodape - inicio 11-07-17
Postado em 16/05/2017
Compartilhe:

0 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.