Com crescente onda de violência doméstica, empresário é preso em Patos de Minas após agredir a 3ª esposa

A orientação é para que as vítimas denunciem.

publicado em 10/12/2018, por Maurício Fernandes

Advogada Mariana Pires de Mendonça

A violência doméstica é um crime que cresce a cada dia no país de acordo com dados do Ministério de Segurança Pública. As mulheres são as principais vítimas de violência doméstica. Nossa equipe de reportagem conversou com uma advogada especialista na defesa da mulher contra esse tipo de violência e apesar do assunto ter tomado uma proporção gigantesca nos últimos anos, ainda existem muitas pessoas que não denunciam por medo, principalmente, de perder a vida.

De acordo com o Ministério dos Direitos Humanos, de janeiro a julho de 2018, foram registrados 27 feminicídios, 51 homicídios, 547 tentativas de feminicídios e 118 tentativas de homicídios. No mesmo período, os relatos de violência chegaram a 79.661, desse número, 37.396 são referentes à violência física e 26.527 referente à violência psicológica. Os dados abrangem cárcere privado, esporte sem assédio, homicídio, tráfico de pessoas, tráfico internacional de pessoas, tráfico interno de pessoas e as violências físicas, morais, obstétricas, patrimoniais, psicológicas e sexuais.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Medic Imagem

Nós conversamos com a Dra. Mariana Pires de Mendonça. Ela é advogada e também trabalha com palestras a respeito do tema em Patos de Minas e região. Segundo ela, as mulheres ainda passam por situações de medo e por isso muitas não denunciam os abusos que sofrem dentro de casa. Pensando nisso, a cidade receberá uma casa de apoio para mulheres que sofreram algum tipo de violência doméstica e precise de um lugar para se abrigar.

De acordo com a Dra. Mariana, o local irá oferecer serviços psicológicos, judiciais e financeiros até que a vítima consiga se reestruturar. E os casos de violência doméstica continuam acontecendo e um deles chamou a atenção na semana passada. Um empresário patense que foi preso após agredir a terceira companheira. Ele já havia agredido duas mulheres com quem mantivera relacionamento. Essas mulheres se separaram dele e fizeram a denúncia, mas nada foi feito. A terceira companheira denunciou as agressões do empresário e com a consultoria judicial da Dra. Mariana, ele foi preso e responderá pelos atos praticados.

É extremamente importante que a vítima de violência doméstica denuncie o agressor antes que seja tarde demais. A advogada ainda explicou que, violência doméstica, não é apenas a que é praticada pelo marido contra a mulher. É caracterizada também contra filhos, primos, avós, netos, independente do sexo da vítima e do agressor. Caso qualquer pessoa esteja passando por algum tipo de violência basta ligar no 181 e realizar a denúncia. Vizinhos e pessoas próximas à vítima também podem denunciar.

Autor: Maurício Fernandes Postado em 10/12/2018
Compartilhe:

61 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Alair Fonseca | 2 meses, 1 semana atrás

    Quando será que a deusa Têmis vai ficar realmente cega ? Os ricos não são nem mencionados. Têmis , Têmis esta deixando muita a desejar.

    0 0 Responder

  • russonow | 3 meses, 1 semana atrás

    ''BRIGA ENTRE MARIDO E MULHER NINGUÉM METE A COLHER'' GRANDE FRASE ATUAL ATÉ HOJE .

    1 17 Responder

  • Vera Loyola | 3 meses, 1 semana atrás

    Patos de Minas, capital.nacional da fofoca e da inveja. Vai trabalhar, gente. Deixem de cuidar da vida dos outros. Inveja mata!

    2 16 Responder

  • "Ta serto" | 3 meses, 1 semana atrás

    Cadeia nesse covarde... e isso vale tb pra mulheres q agridem homens...

    11 1 Responder

  • Brogodó | 3 meses, 1 semana atrás

    Solto e no anonimato....

    8 2 Responder

  • reginalda | 3 meses, 1 semana atrás

    ué pelo q to lendo aqui, mulher nessas horas vira um ser indefeso, é isso mesmo? cade o empoderamento?

    3 19 Responder

    Ana - 3 meses atrás

    Meu bem, empoderamento é isso, poder fazer denuncia e não aceitar calada. Nossa, leia, se informe, aprenda, compreenda. é o básico para não sair falando de assuntos que claramente não conhece.

    8 0

  • Covarde | 3 meses, 1 semana atrás

    Empresário covarde,bate em mim valentão pra tu ver. :muscle: :muscle: :muscle:

    10 1 Responder

  • Verdadina | 3 meses, 1 semana atrás

    O povo de Patos de Minas é invejoso demais. Não aceitam que as mulheres mais bonitas da cidade se apaixonam pelo magistrado. Inveja pura! Cada um deveria cuidar da sua vida.

    3 11 Responder

    Marcinha - 3 meses, 1 semana atrás

    Depende do que vc entende ou qual é o conceito de beleza q vc tem..... Pode ser bonita mas nao precisa ser burra. Comentario inutil.... Entao vai cuidar da sua vida......

    12 2

  • raflésio mathias | 3 meses, 1 semana atrás

    Espero que a quarta esposa não tenha tal sorte.

    5 1 Responder

    Marcinha - 3 meses, 1 semana atrás

    Kkkkkkkkkkkkkk Pode esperar que a quarta idiota ainda vai aparecer..... O povo tem memória curta......esquece as coisas com muita facilidade

    3 1

  • marcinha | 3 meses, 1 semana atrás

    Nao falam o nome do brutamontes pq e rico.......se fosse pobre estava mostrando a cara. Homem p me bater, tem q me matar pq se eu ficar viva ele ja ta debaixo dos 7 palmos.....so vai me encostar uma vez. E essa mulherada tem q ficar esperta......tomou uma bolachada, dá 3! Kkkkk

    15 0 Responder

    . - 3 meses, 1 semana atrás

    É rico nada! Deve essa cidade inteira! O comendador que tá mais pra orca só tem pose.

    3 0

carregar mais comentários