Brasil passa de 34 mil mortes por Covid-19 e supera Itália; ministério atrasa divulgação

Na véspera, a pasta apontou para problemas técnicos, mas nesta quinta não houve qualquer explicação.

publicado em 05/06/2020,


O Brasil registrou nesta quinta-feira mais 1.473 mortes em decorrência do novo coronavírus, um novo recorde no registro diário, informou o Ministério da Saúde, o que eleva a contagem total para 34.021 e torna o país o terceiro do mundo com o maior número de óbitos pela Covid-19.

Com o avanço, o Brasil superou a Itália, que possui 33.689 mortes, e agora fica atrás apenas dos Estados Unidos (107.066) e do Reino Unido (39.904) em números de vítimas fatais da doença respiratória provocada pelo novo coronavírus.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Clinica Medic Imagem

Em relação ao número de casos, foram contabilizadas 30.925 novas infecções nesta quinta-feira, levando o total no país a 614.941, segundo os números do ministério, que pelo segundo dia seguido atrasou a divulgação dos dados prevista para as 19h para depois das 22h. Na véspera, a pasta apontou para problemas técnicos, mas nesta quinta não houve qualquer explicação.

O Brasil é a segunda nação com maior número de casos de coronavírus confirmados, abaixo somente dos EUA, que contam com cerca de 1,8 milhão de infecções, segundo contagem da Reuters.

A aceleração de contágio e óbitos no Brasil, porém, é superior à verificada nos EUA neste momento. Nesta quinta-feira, o Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) reportou 14.676 casos e 827 mortes, números inferiores aos brasileiros.

Na véspera, o Brasil havia notificado o recorde diário anterior de mortes por Covid-19, com 1.349. A máxima diária de novos casos, por sua vez, é de 30 de maio, quando foram contabilizadas mais de 33 mil infecções.

A divulgação diária dos números da Covid-19 no Brasil pelo Ministério da Saúde não indica que as infecções e óbitos tenham necessariamente ocorrido nas últimas 24 horas, mas sim que os registros foram inseridos no sistema no período.

O Ministério da Saúde revelou nesta quinta-feira que 75% dos municípios do Brasil, o equivalente a mais de 4.170, já possuem casos confirmados de coronavírus —há dois meses, o índice atingia apenas 8,5% dos municípios.

A pasta segue com o general Eduardo Pazuello no comando interino, após a saída de dois ministros —Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich— desde o início da pandemia.

Segundo a contagem realizada pelo ministério de casos de Covid-19 por Estados, São Paulo continua sendo o mais afetado pela doença, com 129.200 infecções confirmadas e 8.560 mortes. O governo paulista projetou na quarta-feira que o Estado terá de 190 mil a 265 mil casos de coronavírus até o final deste mês.

Na sequência do Estados vem o Rio de Janeiro, com 60.932 casos e 6.327 óbitos. Em processo de retomada dos negócios assim como vários outros Estados, a capital fluminense autorizou nesta quinta-feira que os mais de 10 mil vendedores ambulantes da cidade voltem ao trabalho.

O Ceará é o terceiro Estado mais atingido do país, com 59.795 infecções e 3.813 mortes, à frente de Pará e Amazonas.

O Brasil possui 254.963 pacientes recuperados da Covid-19 e 325.957 em acompanhamento, segundo o Ministério da Saúde.

Fonte: Agência Reuters

Postado em 05/06/2020
Compartilhe:

6 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Davi | 1 mês, 4 semanas atrás

    Comparativo desprezível, Brasil equivale a umas 12 Italias ou mais em dimensão geográfica e em número de Habitantes, sendo assim a comparação correta seria por população e não por país.

    3 1 Responder

  • Leila | 1 mês, 4 semanas atrás

    Ok, mas a questão no Brasil não é territorial mas descaso do governo com a pandemia. A Itália fechou toda. Aqui nosso povo pobre intelectualmente falando não segue as orientações sanitárias e o governo facista não age como responsabilidade devida. Continuando assim vamos ter covid matando no minimo por 2 anos.

    2 2 Responder

    [email protected] - 1 mês, 4 semanas atrás

    Tomara que esses 34.000 sejam eleitores de esquerda, não vão fazer falta!

    1 2

  • Cida | 1 mês, 4 semanas atrás

    Combater um vírus e um verme ao mesmo tempo é impossível. O troféu vai pro bolzo que nesse momento está sendo mais letal que o vírus.

    3 2 Responder

  • Alexandre | 1 mês, 4 semanas atrás

    Levando em consideração que a população da Itália é menor, bem menor do que a do Brasil né? Isso a Globo não mostra! Essa comparação é 'discrepante'. :scream:

    4 6 Responder

    Toninho - 1 mês, 4 semanas atrás

    Exatamente porque não compara a media da população com os casos

    1 2