Bolsonaro diz que acabou com Lavajato porque não há mais corrupção no governo

Muitas denúncias vêm sendo investigadas no governo e na família de Bolsonaro.

publicado em 08/10/2020,


 

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Udi Telecom - Conexão em Dobro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que acabou com a Lava Jato porque, segundo ele, não há mais corrupção no governo, no momento em que se alia politicamente a investigados da operação no Congresso e se aproximou de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) críticos à investigação.

“É um orgulho, uma satisfação que eu tenho dizer para essa imprensa maravilhosa nossa que eu não quero acabar com a Lava Jato, eu acabei com a Lava Jato, porque não tem mais corrupção no governo”, disse Bolsonaro, em evento no Palácio do Planalto para lançamento do programa Voo Simples, de medidas para o setor aéreo.

“Sei que não é virtude, é obrigação”, afirmou o presidente, ao destacar que faz um governo de “peito aberto”. Muitas denúncias vêm sendo investigadas no governo e na família de Bolsonaro. Fake news, intervenção na Polícia Federal, corrupção em torno de ex-funcionários sãoo algumas delas.  

Bolsonaro indicou o desembargador Kassio Nunes, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), para a cadeira ocupada atualmente pelo decano do STF, Celso de Mello, que se aposenta na próxima semana.

Nunes é tido como garantista e conta no Supremo e no Congresso, respectivamente, com o respaldo de ministros e parlamentares críticos da Lava Jato.

Na solenidade no Planalto, sem citar o nome do desembargador, Bolsonaro fez uma defesa de suas indicações. “Quando eu indico qualquer pessoa para qualquer local, eu sei que é uma boa pessoa tendo em vista a quantidade de críticas que ela recebe da grande mídia”, ironizou.

O desembargador vai ser sabatinado pelo Senado no dia 21 de outubro e, se for aprovado, empossado a seguir como ministro do STF, a primeira indicação de Bolsonaro para a corte.

Bolsonaro foi eleito em 2018 no rastro da bandeira de combate à corrupção e fazendo uma defesa enfática da Lava Jato. Escalou para seu governo o ex-juiz Sergio Moro, símbolo da operação, como ministro da Justiça e Segurança Pública.

Contudo, após desentendimentos com Moro, que o acusou de tentar interferir na Polícia Federal, o presidente demitiu-o do governo no final de abril e acabou por se aproximar de investigados na operação.

Fonte: Reuters

Postado em 08/10/2020
Compartilhe:

7 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes, fake news ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve-se ter ciência de que poderá ser responsabilizado cível ou criminalmente!

Os comentários que receberem 100 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Vulgo | 3 semanas, 1 dia atrás

    Acabou pra acabar com a chance dele ser acabado também ,o povo já tá vendo quem e Bolsonaro ,o Bolsonaro e só mais um que vai aposentar com trinta conto e o povo que se foda !

    3 2 Responder

  • Forasteiro | 3 semanas, 1 dia atrás

    Que dizer que familia da rachadinha acabou com a lava jato....kkkkkkkk...Acabou com a corrupção kkkkkkkk..Um dia que este bozo sair da políticas vocês verão....

    2 2 Responder

  • Extraterrestre | 3 semanas, 1 dia atrás

    :alien: :alien:Políticos raça que deveria ser extinta da face da terra. :alien:

    4 1 Responder

  • Peter | 3 semanas, 1 dia atrás

    A corrupção acabou por que o chefe da nação está escondendo a canalhice dos filhos debaixo do tapete. Sem falar nos ministros atolados em corrupção, má administração, improbidade. #ForaBolsonaro

    10 5 Responder

  • Miquei | 3 semanas, 1 dia atrás

    E o medo da PF bater à porta dele e dos rebentos no futuro?



    9 2 Responder

  • Uai?! | 3 semanas, 1 dia atrás

    Pelo menos temos que reconhecer que o Bolsonaro tem uma outra capacidade: a de ser humorista. Suas declarações quase me mataram de rir.

    8 4 Responder

  • Juca | 3 semanas, 2 dias atrás

    E o medo de chegar nele e nos seus filhinhos. Ainda tem muita coisa pra investigar do lularapio e sua corja, mais com esse presidente que tem medo da justiça vai fica difícil.

    11 8 Responder