Bolsonaro defende Flávio e critica investigação do MP e governador do RJ

"Foi montada uma complexa rede de crimes para o favorecimento de Flávio tendo como base a chamada rachadinha”

publicado em 20/12/2019,


O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta sexta-feira o filho Flávio Bolsonaro e criticou o Ministério Público do Rio de Janeiro pela investigação sobre supostas movimentações financeiras irregulares do atual senador e ex-deputado estadual fluminense, e também lançou ataques contra o governador do RJ, Wilson Witzel.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Rota Pop

“Você já viu o MP do Estado do Rio de Janeiro investigar qualquer pessoa, qualquer corrupção, qualquer deslize, qualquer agente público do Estado? E olha que o Estado mais corrupto do Brasil é o Rio de Janeiro”, disse Bolsonaro a jornalistas na saída do Palácio do Alvorada.

“Vocês já perguntaram para o governador Witzel por que a filha do juiz Itabaiana está empregada com ele?”, acrescentou, em resposta irritada ao ser questionado sobre novos desdobramentos das investigações sobre Flávio.

O juiz Flávio Itabaiana foi o responsável por autorizar buscas e apreensões e quebras de sigilo bancário, fiscal e de dados telefônicos de uma série de envolvidos com o caso de Flávio Bolsonaro, como o ex-assessor Fabrício Queiroz, familiares e a ex-mulher de Bolsonaro.

De acordo com o MPRJ, um esquema de desvio de salários de funcionários do gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro bancou a compra de dois apartamentos em Copacabana e a participação do parlamentar na sociedade de uma franquia de uma rede de chocolates.

Segundo os promotores do MPRJ, foi montada uma complexa rede de crimes para o favorecimento de Flávio tendo como base a chamada “rachadinha” —esquema de desvios de salários de assesores— que era operada principalmente pelo ex-assessor Fabrício Queiroz, que geralmente manejava saques e depósitos dos recursos em espécie. 

Mesmo sem recursos, segundo o MP, o então deputado entrou como sócio em uma franquina de loja de chocolates e começou a ter um lucro mais rápido que o comum e em valores acima de seu sócio, cujo MP suspeita se tratar se um laranja. Ocorreu ainda, conforme as investigações, depósitos e saques expressivos das contas da empresa.

Segundo Bolsonaro, a loja de chocolates de Flávio tem alto faturamento porque o senador conhece muitas pessoas importantes que são clientes do estabelecimento. A empresa foi um dos 24 endereços que foram alvos de busca e apreensão na quarta-feira, determinados pela Justiça do Estado do Rio.

“Arrombaram a loja de chocolate do meu filho. As franquias são controladas, não é o cara abre uma franquia e abandona. Ninguém lava dinheiro em franquia”, disse Bolsonaro. “Desde o ano passado, investigam meu filho e não acharam nada... Investiguem o que bem entender, mas não dessa forma”.

Na quinta-feira, em um vídeo distribuído por sua assessoria de imprensa, Flávio Bolsonaro disse que o objetivo da investigação do MP RJ é atingir o pai. [nL1N28T227]

Flávio Bolsonaro nega ter cometido irregularidades e recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) após a operação do MPRJ.

Fonte: Reuters

Postado em 20/12/2019
Compartilhe:

6 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Pirilampo | 3 meses, 1 semana atrás

    Quem diria o Mito heim? 50 anos de política! É o famoso "pau que dá em chico, NÃO dá em francisco", nesse caso, "pau que dá em Lulinha, não dá em Flavinho". Pode isso Arnaldo? -Não pooode, a regra é clara, "A Lei é para todos", não tem até um filme assim?

    19 10 Responder

  • Francisco | 3 meses, 1 semana atrás

    Cadê o gado para defender seus bandidos de estimação, a polícia carioca já sabe de todo esquema que Flávio herdou do pai, sabem inclusive da participação da familícia no assassinato de Marielle Franco. https://jornalggn.com.br/recado-do-nassif/a-policia-do-rio-ja-tem-certeza-do-envolvimento-de-bolsonaro-com-a-morte-de-marielle/

    11 12 Responder

    X9 - 3 meses, 1 semana atrás

    Ninguém nem sabia que essa fulana existia , até o dia de sua morte.O MP do Rio de janeiro está todo aparelhado com os esquerdopatas. Acha que o povo é bobo e vai acreditar em armação contra o presidente??? Vai esperando!!!

    8 3

  • Roberto | 3 meses, 1 semana atrás

    Vocês publicam críticas ao Lula?

    9 10 Responder

    Gado - 3 meses, 1 semana atrás

    Bolsomimion me surpreende hahahaha

    6 7

    X9 - 3 meses, 1 semana atrás

    Não, são jumentos apoiadores de bandido comunista!!!

    6 5