ANTT marca leilão de trecho de 437 kms das BRs 365 e 364 para o dia 18 de setembro

Segundo a agência, a tarifa-teto definida para o leilão é de R$ 7,02 para cada uma das sete praças de pedágio

publicado em 05/06/2019, por Farley Rocha


Imagem Ilustrativa.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) avisa no Diário Oficial da União (DOU) que realizará o leilão de concessão da BR-364/365/GO/MG no dia 18 de setembro deste ano. A sessão ocorrerá às 10 horas na B3 em São Paulo. O empreendimento faz parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal. Segundo a agência, a tarifa-teto definida para o leilão é de R$ 7,02 para cada uma das sete praças de pedágio.

O edital e outros documentos do leilão estarão disponíveis no site da ANTT a partir desta quarta-feira, 5, e, segundo o aviso, os pedidos de esclarecimento sobre o edital deverão ser feitos até as 18h do dia 12 de julho.

–––––––––––––––––––––––––––––––– CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ––––––––––––––––––––––––––––––––
Orthodontic - Especial Notícias

A rodovia a ser concedida consiste em um trecho de 437 quilômetros, que compreende onze municípios do Estado de Goiás (Aparecida do Rio Doce, Cachoeira Alta, Jataí, Paranaiguara e São Simão) e seis de Minas Gerais (Santa Vitória, Gurinhatã, Ituiutaba, Canópolis, Monte Alegre de Minas e Uberlândia).

O prazo da concessão será de 30 anos. No período, estão previstos investimentos de R$ 2,06 bilhões em obras e de R$ 2,51 bilhões em custos operacionais.

Fonte: O Tempo

Autor: Farley Rocha Postado em 05/06/2019
Compartilhe:

7 comentários

Recentes Populares
Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Patos Hoje. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal Patos Hoje poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!

Os comentários que receberem 20 votos negativos a mais que os positivos serão retirados do Portal.

  • Patureba | 3 meses, 2 semanas atrás

    Leiam a notícia, a concessão não passa por Patos de Minas. A BR 365 no trecho que será concedida já é duplicada, ou seja, vão somente instalar as praças de pedágio e começar a cobrar. Patos de novo fica de fora de benefícios. BR 365 entre Uberlandia e Patos de Minas é uma das piores de se transitar no Brasil. Não sei se vivo para ver rodovia duplicada em Patos, tampouco aeroporto...

    3 0 Responder

  • MBL | 3 meses, 2 semanas atrás

    Parece que tem uma pessoa na frente do caminhão, ou é um fantasma ?

    5 8 Responder

    Não. - 3 meses, 2 semanas atrás

    É um motociclista que segue na frente do caminhão, dá a impressão que é uma pessoa atravessando a via.

    3 3

  • passaro | 3 meses, 2 semanas atrás

    tem que colocar pedagio msm por que ja não pagamos tanto imposto e combustivel caro ipva taxa linciciamento seguro etc ai se quiser rodar tem que pagar mais este e nosso querido brasil duplicar que e bom so daqui 30 quando estiver berando os 30 anos eles vende para outra empresa ai e mais 30 anos e assim vai pronto falei. :cold_sweat:

    14 4 Responder

  • Pedro Pedreira | 3 meses, 2 semanas atrás

    Ou seja, Patos de Minas, não será beneficiada com a privatização.

    7 20 Responder

    X? - 3 meses, 2 semanas atrás

    Beneficiada? Você quis ser sarcástico né?

    6 1

    goiano - 3 meses, 2 semanas atrás

    Tu é burro é? Que vai querer com pedágio com tanto impostos que já pagamos.

    4 4